Uso de memes na discussão política no Brasil tem efeito ‘democratizador’, aponta pesquisa da Unicamp

Pesquisa da Unicamp analisou memes disseminados durante as eleições de 2014 (Foto: Reprodução/ Política, Memes e o Facebook no Brasil: em busca da ciberdemocracia/ICHSA/Unicamp)Pesquisa da Unicamp analisou memes disseminados durante as eleições de 2014 (Foto: Reprodução/ Política, Memes e o Facebook no Brasil: em busca da ciberdemocracia/ICHSA/Unicamp)

Segundo o estudo do Centro de Ciências Humanas Sociais e Aplicadas, a linguagem usada na internet, conhecida como ‘meme’, facilita a compreensão sobre os temas ligados a política.do do Centro de Ciências Humanas Sociais e Aplicadas, a linguagem usada na internet, conhecida como ‘meme’, facilita a compreensão sobre os temas ligados a política.

 

Por Victória Cócolo
Via G1 Campinas

 

Uma pesquisa desenvolvida no Instituto de Ciências Humanas Sociais e Aplicadas da Unicamp (ICHSA), em Campinas (SP), aponta os “memes” – linguagem que viralizou nas redes sociais – como uma ferramenta de democratização da discussão política no país. O público é conquistado pela facilidade de compreender um conteúdo que ele acredita, compartilha, e se vê como um influenciador.

O estudo, elaborado como dissertação de mestrado pelo publicitário Renato Figro, analisou uma série de memes políticos entre 2014, período em que ocorreu a última eleição presidencial, até 2017.

Sob a orientação do professor Rafael de Brito Dias, ele buscou entender o papel dos memes e medir até que ponto eles ajudam na construção de uma “ciberdemocracia”, conceito desenvolvido pelo filósofo e sociólogo Pierre Levy.

Em um espaço como a internet, onde é possível a elaboração de seus próprios problemas e questões, a criação dos memes acaba refletindo a autonomia experienciada no ambiente virtual.

“Muitas vezes os memes substituem o papel da mídia tradicional, pois apresentam os personagens e os termos do jogo político através de um viés pré-estabelecido”, afirma o publicitário.

O Brasil é um dos países que mais produzem memes políticos, aponta a pesquisa. Dos 2,5 mil analisados, foi constatado que os de tendência ideológica de direita são os que mais se propagam. A figura de linguagem acaba “reforçando posicionamentos”, segundo o pesquisador.

 

O publicitário Renato Figro é autor da pesquisa que relaciona política e memes (Foto: Antoninho Perri)

O publicitário Renato Figro é autor da pesquisa que relaciona política e memes (Foto: Antoninho Perri)

 

Leia mais

Be the first to comment on "Uso de memes na discussão política no Brasil tem efeito ‘democratizador’, aponta pesquisa da Unicamp"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*